Sobre os Gatos

COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE ADOTAR UM GATO:

- Porque adotar um animal é algo maravilhoso?

  Em primeiro luagar por que você estará salvando uma vida! Dando a oportunidade dele ter uma vida digna, sem passar fome, frio e nem ser morto ou maltratado pelas ruas. É muito triste ver a quantidade de animais que diariamente são descartados como lixo, judiados e abusados, até não aguentarem mais, por pessoas ruins. Os animais são seres sencientes, eles têm sentimentos, emoções, memórias e certo nível de intelecto. São seres que merecem todo o nosso respeito e cuidado.  São seres divinos que sabem ser amorosos e gratos muitas vezes mais até do que os humanos.

- Porque a castração é impressindível?

 Ao adotar um gato, se ele não estiver castrado é impressindível que você o leve a um veterinário para castrá-lo. O principal motivo é para que a fêmea não tenha novos filhotes. Só na cidade de São Paulo existem mais de 2 milhões de animais abandonados nas ruas e estima-se que no Brasil existam mais de 30 milhões!  Os números são alarmantes, as ongs e protetores estão lotados e está cada vez mais difícil de conseguir adotantes. A única sáda que temos para diminuir a quantidade de animais abandonados hoje é reduzindo ao máximo o número de filhotes nascendo.  Uma gata entra no cio de dois em dois meses e em cada gestação pode ter de 3 a 7 filhotes. Se cada filhote ficar adulto e também se reproduzir é gato que não acaba mais. Obviamente a maioria deles vai viver em condições de abandono e nós não queremos isso,não é mesmo?

Os outros benefícios da castração são que os gatos ficam mais tranquilos, menos agressivos e menos expostos a brigas e machucados,, evitam pegar doenças sexualmente transmissíveis (sim os animais também podem ter doenças sexulamente transmissíveis), têm uma vida mais longa e mais saudável.

- Porque vacinar é importante?

Por que é o método mais eficaz para evitar doenças (algumas delas fatais).  As principais aplicações e a frequência devem ser orientadas pela(o) médica(o) veterinária(o).

-  Porque dizem que tenho que telar meu apartamento?

 Por que o gato vai cair da janela e morrer. Você não vai querer que aconteça isso vai?

- Por que não posso ter uma casa aberta pra rua ou com rotas de fuga para fora?

Por vários motivos: ele pode ser atropelado, entrar em brigas com outros gatos e cachorros, podem ser envenenados, mortos e judiados por seres humanos, ou podem simplismente sair e não voltarem nunca mais. Você também não vai querer adotar um gato para que aconteça essas coisas com ele não é mesmo?

- O que são rotas de fuga? 

É qualquer parte da sua casa que dê acesso para ele sair pra rua. Por ex: um muro baixo, um portão de grades, uma janela sem tela, um buraco, qualquer lugar que ele consiga passar ou pular pra sair. 

- É possível fechar as rotas de fuga?

Muitas vezes sim. Você pode telar se for possível, pode levantar o muro, pode colocar rollet cats nos muros, pode pregar táboas, pode mandar o serralheiro fechar o portão com placas de alumínio, pode chamar um pedreiro pra te ajudar a pensar em soluções externas... Tudo vai depender de como é essa rota e as possibilidades que vai ter para fechá-las.

NECESSIDADES BÁSICAS PARA O BEM ESTAR DO GATINHO:

1) Qualidade Nutricional e Hidratação Adequadas:

- Você deverá comprar uma ração de qualidade para o seu gato não sofrer depois com doenças como insuficiência renal ou outras doenças comuns dessa espécie,pois as rações de má qualidade têm muito sódio e poucos nutrientes.

- Existem rações para cada fase do desenvolvimento com nutrientes específicos. Existem diversas marcas comerciais disponíveis

-Se optar por uma alimentação natural ela deverá ser feita por um veterinário nutricionista especializado nisso.

- Existem diversos estudos científicos que comprovam que uma boa alimentação melhora o estado geral do gato, qualidade do pêlo e previnem doenças.

- Lembre-se de deixar sempre disponível água límpa e fresca.

2) Cuidados veterinários:

- Você deverá respeitar o calendário de vacinação definido pela(o) veterinária(o), assim como a desparasitação interna e externa

- Deverá estar consciente de que seu bichano poderá precisar de um veterinário ora ou outra caso apresente algum sintoma, o que também implica em custos com consultas e exames.

3) Higiene

-Você já reparou na quantidade de horas que o seu gato fica se lambendo? A limpeza é essencial para o bem estar do gato e sem ela eles não se sentem felizes. Eles não gostam de sujeira no pêlo deles ou ao seu redor como na caixinha de areia. Por isso recomenda-se escovar os gatos e limpar a caixa diariamente. Existem diversos tipos de caixa e de areia também. A minha sugestão é de que a caixa de areia seja alta para que o bichano não jogue areia pelo chão na hora em que for usar a caixa. Uma opção boa e barata que eu sempre indico são aquelas caixas de plástico preta que os pedreiros usam para misturar cimento. Elas são facilmente encontardas em casa de materiais de construção e são muito mais baratas que as caixas de areia convencionais, além de serem espaçõsas e altas o suficiente. Os especialistas em comportamento felino recomendam uma caixa por gato e  mais uma extra, pois os gatos são territorialistas e possessivos com os seus pertences

4) DÊ AMOR, CARINHO E ATENÇÃO

 Mime e faça muito carinho no seu bichano, não é por que ele tem o temperamento mais independente que ele não precisa do seu amor e atenção. Ele precisa sim e é muito importante para o bom vínculo de vocês que ele se sinta amado e querido. Lembre-se de que você o adotou para cuidar dele e a atencão e o carinho são partes fundamentais desse cuidado. Nunca o ignore quando ele te procurar, eles são animais muito sensíveis, observadores e têm uma ótima memória. Uma má atitude nossa não passa desapercebida por eles e pode distanciá-lo emocionalmente de você.

Jamais grite ou agrida seu gato, além disso ser crime é a expressão da ignorância! Estimule os comportamentos posivivos dele com carinho e petisco e se ele estiver com algum comportamento que esteja te incomodando muito procure ajuda especializada, peça a opnião do veterinário e busque informações.

5) Enriqueça o ambiente tornando-o atrativo, interessante, confortável e saudável (ESSA É A PARTE EM QUE MAIS PODEMOS TE AJUDAR):

- Os gatos são descendentes dos tigres, são felinos e têm habítos felinos. Embora alguns gostem de dormir em alguns momentos com a gente na cama, eles também gostam de dormir em lugares altos, tocas, lugares maiss escondidos e reservado e isso deve ser respeitado e oferecido como opção para que eles possam escolher e exercer os seus instintos.  Por causa desse comportamento nós desenvolvemos as TOCAS DE CROCHÊ, que são extremamente acolhedoras por serem macias e maleáveis, com a praticidade de poderem ser transportadas ou colocadas nos luagres de preferência do seu bichano. 

OUTRO COMPORTAMENTO FELINO BASTANTE CURIOSO É QUE A GRANDE MAIORIA DELES AMA DORMIR NAS REDINHAS. Não encontrei uma explicação cienfífica para isso e nem maiores explicações nos meus estudos, mas é fato que eles adoram tirar longas sonecas nelas e com o tempo, através de inúmeros relatos de clientes e nossa própria experiência em casa, pude notar que AS REDINHAS CONTRIBUEM MUITO PARA TORNAR O AMBIENTE DELES MAIS SAUDÁVEL E CONFORTÁVEL GERANDO MENOS ESTRESSE, MENOS ANSIEDADE, MAIS RELAXAMENTO, TRANQUILIDADE E CONSEQUENTEMENTE MAIS SAÚDE, SENTIMENTO DE ACOLHIMENTO, SEGURANÇA E CONFIANÇA!

A redinha proporciona ao gato que ele se sinta dono de uma caminha, de um lugarzinho só dele, que é muito aconchegante, confortável e seguro pra ele. E é por isso que muitas vezes eu sugiro para o cliente que O IDEAL É TER UMA PARA CADA GATO. Isso não é estratégia de marketing para a pessoa comprar mais, é uma realidade que eu vivencio desde o início da MiAus Store.

- Os gatos são caçadores por natureza e precisam expressar esse comportamento natural deles através de brinquedos que estimulem a caça. Eles precisam gastar energia com um ambiente que o estimule física e mentalmente.

ENTÃO EU VOU TER QUE GASTAR RIOS DE DINHEIRO COMPRANDO CASTELOS, PONTES, TÚNEIS E UM MONTE DE OUTROS BRINQUEDOS CAROS?! NÃOOOO! Se você quiser e puder compre, mas se não quiser e nem puder existem diversos tutoriais no youtube ensinando a fazer muitos tipos de brinquedos (castelos, torres, túneis, esconde-esconde e vários outros) COM CAIXA DE PAPELÃO, tesoura e cola!A coisa que eu acho mais trabalhosinha de fazer é o arranhador que é extremamente necessário para ele desgastar as unhas e não arranhar o sofá e a lateral da cama,  por isso aconsellho que comprem se não puderem fazê-lo.. Mas os demais brinquedos podem ser fabricados por você e sua família com materiais reciclados.

6) Brinque e interaja com seu gato

- Os gatos filhotes vão requerer mais atenção pois tem mais energia para brincar e estão em fase de desenvolvimento e tem mais energia. Os gatos adultos apesar de serem mais independentes, também gostam de brincar e você precisará disponibilizar um tempo para isso, além do carinho e da atenção. Você pode interagir com eles de diversas formas, com o tempo irá descobrindo como ele mais gosta de brincar. Você pode jogar bolinhas de papel, brincar com as varetas específica para gatos, brincar com eles nas caxa de papelão, etc. 

6) DÊ AMOR, CARINHO E ATENÇÃO

 Mime e faça muito carinho no seu bichano, não é por que ele tem o temperamento mais independente que ele não precisa do seu amor e atenção. Ele precisa sim e é muito importante para o bom vínculo de vocês que ele se sinta amado e querido. Lembre-se de que você o adotou para cuidar dele e a atencão e o carinho são partes fundamentais desse cuidado. 

Jamais grite ou agrida seu gato, além disso ser crime é a expressão da ignorância! Estimule os comportamentos posivivos dele com carinho e petisco e se ele estiver com algum comportamento que esteja te incomodando muito procure ajuda especializada, peça a opnião do veterinário e busque informações.

7) Conheça e respeite a personalidade do seu gato

- Os gatos possuem personalidades bastante distintas, existem os mais sociáveis e os que se escondem quando chega alguém estranho. Você não deve forçá-lo de maneira nehuma a se expor se ele não quiser. Respeite o tempo, o espaço e o medo dele. Quanto mais você forçar pior ele se sentirá ao seu lado e perderá a confiança em você, podendo associar a sua presença a sentimentos negativos.